Os bons desempenhos de Kwid, Sandero e Captur colocaram a Renault no grupo das “quatro grandes” montadoras em setembro. É a segunda vez no ano que a marca se une ao clube, ao lado de Chevrolet, Volkswagen e Fiat.

Em setembro, a Renault ficou na quarta posição do ranking de vendas. Com isso, deixou a Ford e a Hyundai para trás, escalando duas posições, na comparação com agosto.No mês passado, a Renault somou 18.878 automóveis e comerciais leves vendidos. A vantagem para a Ford foi pequena.

A montadora norte-americana registrou 18.755 emplacamentos.

O primeiro lugar ficou com a Chevrolet, que comercializou 36.389 modelos. A Volkswagen retomou a segunda posição, que havia perdido para a Fiat em agosto.

A alemão registrou 31.672 emplacamentos em setembro, ante os 27.695 da italiana. A Ford ficou com o quinto lugar, seguida, respectivamente, por Toyota, Honda, Jeep e Nissan.

 

Destaques da Renault

A montadora francesa conseguiu colocar o Kwid na sétima posição do ranking de vendas em setembro (veja galeria acima). O compacto teve 5.486 exemplares emplacados. Já o Sandero foi o 12º carro mais vendido do País, com 4.577 emplacamentos.Entre os SUVs, tanto o Captur quanto o Duster deixaram para trás o Chevrolet Tracker. O Renault mais novo teve 2.329 unidades vendidas. O mais velho somou 1.803 emplacamentos.